Alguém perguntou “qual o segredo do sucesso?“.

A resposta foi rápida e clara: o sucesso vem de decisões certas! Mas, então – continuou – como se tomam decisões certas? Uma vez mais, a resposta foi direta: “…só com experiência!”. Ah! E que tipo de experiência é necessária? Aquela que leva a decisões erradas e, portanto, muitas vezes resulta em insucesso!

Sucesso? Só com insucesso!

Sucesso? Só com insucesso!

O Homem é uma máquina feita para o sucesso. Não gostamos de perder. Queremos acertar, conquistar, ganhar, obter tudo aquilo que desejamos e vencer em tudo em que nos envolvemos. Infelizmente, o sucesso não se alcança sem a experiência e esta é um processo de tentativa-erro. Quer isto dizer que, para termos sucesso, temos de ter diferentes experiências que nos farão passar por momentos em que temos sucesso e outros em que vamos sentir o insucesso. Corrigimos e voltamos a experimentar. Temos assim de aprender a viver com o erro como parte do nosso próprio processo de aprendizagem ao longo da vida e, consequentemente, aprender a olhar o “erro” como uma oportunidade para o sucesso.

Por tudo isto, não consigo perceber como a Educação hoje em dia não compreende o próprio processo de aprendizagem, isto é, que tão importante como os sucessos são também os insucessos, os erros, os testes que correram mal, as dúvidas, as interrogações!

Talvez precisemos de um novo paradigma na Educação – ensinar o insucesso!