Aprendemos na escola que o nosso corpo é 70% água, mas infelizmente, não aprendemos que o nosso sucesso é…70% de atitude. Aquilo que muitas vezes não é ensinado, ou seja, aquilo que vai realmente fazer a diferença para alcançarmos tudo o que ambicionamos não está tanto assim no que sabemos, mas muito mais, naquilo que queremos e lutamos. O segredo do sucesso está, portanto, na atitude face aos desafios que vamos encontrando ao longo do nosso crescimento, ao longo da vida e na forma como reagimos às adversidades e as ultrapassamos.

Neste sentido, eliminar todos os desafios aos estudantes, oferecendo-lhes um contexto de aprendizagem onde tudo é fácil, ultrapassável, sem dúvidas, sem receios, sem esforço é prepará-los para um mundo que não existe. É condicionar, desde cedo, o seu sucesso.

É preciso uma aldeia para educar uma criança

É verdade que a escola de hoje não está a ajudar neste desenvolvimento pleno dos estudantes, quer por ainda ter currículos desadequados à evolução dos tempos modernos, nomeadamente em termos de tecnologia, quer pela formação dos seus professores mas, também é verdade, que os pais “modernos” parece terem receio de questionarem ou desafiarem os seus filhos. A educação não é uma tarefa exclusiva das escolas e, neste sentido, os pais têm um papel estratégico no bom desenvolvimento dos seus Filhos enquanto estudantes. Afinal, como diz o provérbio africano “É preciso uma aldeia para educar uma criança”.

As nossas capacidades são ilimitadas

No que à aprendizagem da matemática diz respeito, é preciso perceber que, tal como na vida, o que conta é a atitude face aos desafios, às dúvidas, às adversidades, enfim, face ao erro. Não saber resolver um problema é normal – afinal não nascemos ensinados! – mas tudo muda quando temos a atitude certa face à dúvida. Quando verdadeiramente queremos algo tudo se torna mais fácil. Com a atitude certa parece que afinal sabemos muito mais do que julgávamos e que as nossas capacidades são ilimitadas. É este sentimento positivo que nos transforma e nos permite aceitar novos desafios pela vida fora.

Com a atitude certa não há impossíveis

A matemática, entendida como a ciência que nos ajuda a resolver problemas, pode, e deve ser ensinada com todas as suas ferramentas de cálculo e fórmulas, mas tem também de incluir esta noção de atitude face ao desafio ou dúvida. É, aliás, perfeita para complementar um bom desenvolvimento da criança ou jovem estudante porque, bem ensinada e bem aprendida, estimula diversas áreas do cérebro pelo permanente desafio em termos de memorização e de utilização da memória – duas valências distintas e complementares. Por tudo isto digo que, se o nosso sucesso é feito com 70% de água – porque existimos – então o nível que conseguiremos alcançar desse sucesso é feito com 70% de uma atitude positiva – porque somos – mas também de esforço, de comprometimento, de responsabilidade, de empenho, de não desistir à primeira dificuldade. Esta é a maior lição que a “aldeia” poderá dar aos seus filhos – com a atitude certa não há impossíveis!